Idioma

14 de ago de 2012

TEMPO

   Dizem que o tempo é o melhor remédio. Seja num relacionamento que acabou numa amizade que se foi ou até na ausência de um ente querido o tempo se mostra eficaz quando junto a ele somamos a paciência, mas qual o verdadeiro significado do tempo?
            Há três anos escrevi um poema a respeito deste tema, que a muitos causa uma grande incógnita. Desfrutem destes versos:





TEMPO


Tempo, o que é o tempo?
Será simplesmente tudo?
Será simplesmente nada?
Ou apenas mais um absurdo?

Engana-se quem acha o que o tempo é simples
Que é apenas passado, presente e futuro
Que é apenas hora, minuto ou segundo
Engana-se quem nada acha sobre o tempo

Tempo, que a todo instante age sobre nós
Ele nos faz aprender e desaprender
Ele nos faz matar e morrer
Ele nos faz envelhecer e rejuvenescer

Tempo, que interfere até na natureza
Ele faz o vento invisível soprar
Ele faz a chuva fria cair
Ele faz o sol ardente esquentar

Tempo, que tenta imitar o teatro
Faz de nós suas marionetes
Faz de nossas vidas seu espetáculo
Mas diferente da peça de teatro não tem fim

Tempo, o que será o tempo?
É uma mera ilusão diante da vida?
É uma tragédia a exemplo da morte?
Tempo nada mais é uma pergunta sem resposta

Nenhum comentário:

Postar um comentário